R$4.990 de entrada com parcelas
a partir de  R$ 670,00*

Pagamento Facilitado
Sem intermediária e Sem Correção do IGPM

5 Problemas Causados pelo Estresse

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

O estresse pode ser causado por preocupações no dia-a-dia, como excesso de pressão no trabalho, perder o emprego, terminar um relacionamento, não ter tempo para o lazer ou até o surgimento de alguma doença na família, por exemplo. Com o início da pandemia, o estresse se tornou cada vez mais presente na vida da maioria das pessoas, causando sintomas como: dores de cabeça frequentes, palpitações, irritabilidade, queda de cabelo, entre outros. Em alguns casos, quando não identificado e tratado adequadamente, pode evoluir para doenças mais graves.


No post de hoje vamos falar sobre algumas doenças causadas pelo estresse e como você pode amenizar os sintomas.

Insônia


O estresse pode causar ou agravar a insônia, pois, além das situações estressantes como problemas familiares ou no trabalho poderem criar dificuldade para pegar no sono, diminuindo muito a qualidade do descanso.

Problemas do Coração


Um dos principais sintomas do estresse é a aceleração dos batimentos cardíacos e aumento da pressão. Isso ocorre porque o estresse provoca uma redução do fluxo sanguíneo, que faz aumentar batimentos e pressão arterial. Quando o estresse se torna crônico, estas alterações no fluxo sanguíneo podem causar irregularidades no funcionamento do aparelho circulatório e até mesmo provocar o entupimento de veias e artérias, o que pode comprometer ainda o funcionamento de outros órgãos. Nos quadros mais graves, o estresse crônico pode evoluir para casos de AVC e de infarto.

Transtornos Alimentares


A compulsão alimentar ou a anorexia são exemplos muito comuns de transtornos alimentares causados pelo excesso de estresse, pois quando o corpo está sobrecarregado ou fora de controle, tenta encontrar maneiras de lidar com esses sentimentos desagradáveis através da alimentação ou outros vícios.

Prisão de Ventre e Síndrome do Intestino Irritável


O estresse pode provocar diversos efeitos nas funções intestinais, como alteração da flora intestinal e prisão de ventre. Eventos de estresse constante também fazem com que a pessoa sinta desconforto na região abdominal, além de dores, distensão e flatulência. Isso ocorre porque, sob estresse, o cérebro emite sinais para que o intestino se contraia. Estas contrações anormais podem evoluir para complicações mais graves, podendo até se tornarem permanentes, uma condição chamada de Síndrome do Intestino Irritável.

Depressão


O aumento prolongado do cortisol, que é a hormônio do estresse, e a redução de serotonina e dopamina causada pelo estresse estão fortemente associadas à depressão. Desta forma, quando não se consegue gerir ou lidar com situações de estresse, os níveis hormonais ficam alterados por muito tempo, podendo causar depressão.
O que fazer para controlar o estresse?
É importante tentar evitar o stress, se isto não for possível é necessário identificar e interromper a causa, mudando alguns de seus hábitos. Mude seu estilo de vida! Escute o seu corpo, de modo que perceba quando o estresse estiver afetando sua saúde.
Pratique atividades relaxantes, como conversar com amigos ou algum hobby, planeje seu tempo, pratique atividades físicas ao ar livre ou faça um passeio com a família, por exemplo. Descubra como o lazer em família pode impactar na sua vida! Fique atento aos sinais de estresse e tenha mais qualidade de vida.

Fonte: www.tuasaude.com / www.saude.go.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.